Reproduzir Video

Mensagem da Paz 2018

A paz é possível. O Papa Francisco diz que não é suficiente abrir os nossos corações ao sofrimento dos outros. Ainda há muito por fazer até que os nossos irmãos e irmãs possam mais uma vez viver em paz e num lar seguro.

Aprenda mais aqui.

Aprenda mais aqui

20 Pontos de Ação

Dependendo do teu local de residência, poderás encontrar refugiados e migrantes a chegar, de partida, de passagem, a instalar-se ou até a regressar aos seus locais de origem. Esta é a tua oportunidade para te envolveres pessoalmente de maneira prática e espiritual. Estende-lhes uma mão e torna-te próximo deles.

Aprenda mais aqui

Fique em contato

Faça parte da nossa mailing list, para que possamos partilhar informações importantes e juntos construiremos um mundo mais seguro e acolhedor para todos.

Inscreva-se!

Últimas notícias

Os jovens, a fé e o discernimento vocacional

Documento final da Reunião Pré-sinodal Os jovens de hoje encontram uma série de desafios e oportunidades externas e internas, muitas das quais são específicas de seus contextos individuais e algumas...

“Acompanhar o povo que sofre”

Buenos  Aires , 28 de Setembro de 2018  - "Acompanhar o povo que sofre”: com estas palavras, o Papa Francisco se despedia há semanas dos Bispos Venezuelanos que o visitaram...

Dia Mundial dos Refugiados 2018 – O que você pode fazer?

“Queridos irmãos e irmãs migrantes e refugiados! Na raíz do Evangelho da misericórdia, o encontro e a recepção do outro entrelaçam-se com o encontro e a recepção de Deus: acolher...

Migração segura

20 Pontos de Ação

O Papa Francisco conhece as necessidades dos requerentes de asilo, migrantes e refugiados.
Temos de os acolher e proteger, afirma, temos de os promover e integrar. Para fazer tudo isso, eis aqui alguns recursos que podes usar na tua comunidade ou paróquia… e também algumas medidas para ações de advocay no teu país e ao nível da ONU.

SABER MAIS

PARAR O TRÁFICO DE SERES HUMANOS

Muitos adultos e crianças são vítimas do tráfico de seres humanos para fins de exploração laboral e sexual, tráfico de órgãos, mendicidade e delinquência forçada. Migrantes e refugiados fazem parte dos grupos mais vulneráveis ao tráfico e à exploração, seja durante a sua viagem, seja na chegada aos países de destino.

O Papa Francisco nos exorta a fazer todo o possível para combater esse crime vergonhoso.

TORNE-SE A ESPERANÇA QUE TODOS ELES PROCURAM